Home

“Se a gente já não sabe mais rir um do outro, meu bem,
Então o que resta é chorar”

Rodrigo Amarante

Eu rio do seu jeito metódico, você ri do meu jeito despojado.

Eu rio das suas roupas caretas, você ri das minhas moderninhas.

Eu rio dos seus calçados de camurça, você ri dos meus tênis coloridos.

Eu rio do seu requinte, você ri do meu descaso.

Eu rio do seu gosto apurado, você ri da minha falta de critério.

Eu rio dos seus cremes, você ri da minha barba mal-feita.

Eu rio das suas luzes, você ri dos meus cabelos brancos.

Eu rio do seu bronzeado, você ri dos meus braços peludos.

Eu rio dos seus carinhos, você ri dos meus abraços.

Eu rio de você. Você ri de mim.

Melhor do que saber rir de alguém é achar graça quando riem de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s