Pronto, encontraram a salvação do rock dos anos 2010. Os novos Beatles, os novos Stones… os novos Strokes. Com vocês, The Strypes!