O festival taí e você não vai querer perder os shows que valem a pena, né?

Aqui vai a lista do que eu acho que você tem que ver.

SEXTA-FEIRA

Talvez o melhor dia do festival.

Holger

Se você ainda não viu esta boa banda brasileira ao vivo, esta é uma boa oportunidade. O show rola às 13h15, no Butantã.

Of Monsters and Men

Bandinha simpática, do indiehit “Little Talks”. Vale ver. Às 15h15, no Butantã.

 

The Temper Trap

A banda é muito mais que o hit “Sweet Disposition”. Já vi um show desses australianos e destaco: vale muito a pena. Às 16:15, no Cidade Jardim.

 

Cake vs Crystal Castles

Duas belas bandas que rendem dois belos shows, mas no mesmo horário. Já vi os dois ao vivo – o primeiro no Unique, o segundo no SWU. Desta vez, neste duelo de bandas, ficarei com a força do Crystal Castles. Às 17:15, no Alternativo.

 

The Flaming Lips

Vale ver um show louco desses malucos. Às 18:30, no Cidade Jardim.

 

Passion Pit

Deve fazer um dos melhores shows do festival. A banda é incrível ao vivo, superdançante, e está em seu auge. Às 20:00, no Alternativo.

 

The Killers

A qualidade pode vir caindo álbum a álbum, mas os hits continuam lá. Prepare-se pra pular e ficar rouco de tanto cantar. O show deles é intenso – já fui a dois. Às 21:30, no Cidade Jardim.

 

SÁBADO

Talvez o pior dia do festival – se é que dá para usar esta palavra.

Stop Play Moon

O horário é triste, mas caso role chegar bem cedo, não perca o show desta banda brasileira. É muito bom. Às 12:30, no Cidade Jardim.

Ludov

Mais uma banda brasileira. Andaram sumidos. Às 13:30, no Alternativo.

Toro Y Moi

Banda bem interessante. Às 14:30, no Cidade Jardim.

 

Two Door Cinema Club

Finalmente a banda vem ao Brasil, uma pena que não no seu auge. Depois de estourar com o primeiro álbum, deu uma balançada com este segundo. Deve fazer o show mais dançante do dia. Às 16:30, no Cidade Jardim.

 

Franz Ferdinand vs Alabama Shakes

Que duelo de bandas! No mesmo horário! Uma no seu auge (Alabama) e outra já decadente (Franz). Já vi o Franz 4 vezes. O último show, ano passado, foi bem morno. Mas os demais foram fortíssimos. Se você nunca viu os escoceses, fique com Franz. Eu vou optar pelo Alabama. Às 17:30, no Alternativo.

 

The Black Keys

Boa banda, pela primeira vez no país. Em pleno auge. Às 21:30, no Cidade Jardim.

 

DOMINGO

O dia começa tarde, mas vai com tudo.

 

Kaiser Chiefs

O único show que fizeram em São Paulo, no Planeta Terra, foi insano. Show imperdível, mesmo com a banda já decadente. Às 17:15, no Butantã.

 

The Hives

Prepare-se para um dos melhores shows da sua vida. Acredite, o vocalista é um showman comparável a Mick Jagger. Às 18:15, no Cidade Jardim.

 

Hot Chip

Mais um show imperdível. Será meu terceiro da banda. Às 19:15, no Alternativo.

 

Pearl Jam

Responsável por tornar o Domingo o dia mais cheio do festival, deve nos brindar com mais um showzaço. Às 20:45, no Cidade Jardim.