Mais ou menos nos 4 minutos, vemos o vocalista do Strokes vestindo aquelas cabeçonas do Arcade Fire e tentando tocar Rebellion (Lies) até ser expulso pela banda. De resto, vale ver o show, bem diferente do que vimos no Brasil. Outro setlist, outras brincadeiras.

Anúncios