Banda foda que tem muito respeito no mercado americano, mas que é ignorada no brasileiro. Esteve no SWU em Paulínia, comigo na platéia, mas não subiu ao palco. A banda alegou que os instrumentos não haviam chegado. Mas algo me diz que as 50 pessoas da platéia foram o motivo real do não-show de uma banda que costuma tocar em estádios nos EUA. Vale lembrar que recentemente, no álbum anterior, o guitarrista deles era simplesmente o ex-Smith Johnny Marr.

Anúncios