Home

A abertura dos filmes do 007 com a sequência do cano da arma era uma tradição. Até antes de Daniel Craig assumir o papel, todos os filmes da franquia (portanto, Nunca Mais Outra Vez e o Cassino Royale de 67 estão fora dessa) começavam com esta sequência.

Com a entrada de Craig, a cena tornou-se parte da história em Cassino Royale, mas não no começo do filme. Entrou exatamente antes dos créditos iniciais. Em Quantum of Solace e Skyfall, entrou no final, antes dos créditos de encerramento.

Vale dar uma olhada na compilação abaixo para ver como a arte e a trilha mudaram ao longo dos anos. Eu, particularmente, prefiro a música de 007 Permissão Para Matar/License To Kill, por mais diferente que seja. E não gosto da bala computadorizada de Die Another Day. A trilha e a arte de Dr.No são as piores.

Como curiosidade, o ator que faz as três primeiras sequências – na verdade, trata-se da mesma, porque utilizou a mesma filmagem – não é Sean Connery. O escocês só filmou a versão dele para 007 Contra A Chantagem Atômica/Thunderball. E Roger Moore foi o primeiro a filmar a sequência sem chapéu. Reparem como George Lazemby se ajoelha em Her Majesty’s Secret Service. E como Craig corre Quantum Of Solace, para depois caminhar com mais calma em Skyfall.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s