Domingo é noite dos Oscars, a premiação da indústria cinematográfica americana – podemos dizer, mundial.

E sempre vale lembrarmos algumas injustiças históricas pelas quais o prêmio não pode ser perdoado. Vamos lá.

Primeiro, a lista de 7 diretores espetaculares que já morreram sem nunca levar o Oscar de Melhor Diretor. Em parênteses, o número de indicações. Repare que Chaplin sequer foi indicado a Melhor Diretor.

1. Alfred Hitchcock (5)

2. Robert Altman (5)

3. Stanley Kubrick (4)

4. Federico Fellini (4)

5. Ingmar Bergman (3)

6. Orson Welles (1)

7. Charles Chaplin (0)

 

Agora, uma lista de fatos quase absurdos:

Em 2013, Ben Aflleck foi o Melhor Diretor (Argo) em quase todos os prêmios, mas sequer foi indicado ao Oscar.

Em 2012, “O Artista” ganhou de “A Invenção de Hugo Cabret” e “Árvore da Vida”.

Em 2010, “O Discurso do Rei” ganhou de “A Rede Social”.

Em 2004, “O Senhor dos Anéis 3” ganhou de “Encontros e Desencontros”.

Em 2002, Adrien Brody (O Pianista) ganhou de Daniel Day-Lewis (Gangues de NY) e Jack Nicholson (Confissões de Schmidt).

Em 2000, Russel Crowe (Gladiador) ganhou de Javier Bardem (Antes do Anoitecer).

Em 1999, “Shakespeare Apaixonado” ganhou de “Resgate do Soldado Ryan”.

Em 1999, Gwyneth Paltrow (Shakespeare Apaixonado) ganhou de Fernanda Montenegro (Central do Brasil) e Cate Blanchet (Elizabeth).

Em 1998, Roberto Benigni (A Vida É Bela) ganhou de Tom Hanks (Soldado Ryan), Ian McKellen (Deuses e Monstros) e Edward Norton (Uma Outra História Americana).

Em 1991, “Dança Com Lobos” ganhou de “Os Bons Companheiros”.

Em 1990, “Conduzindo Miss Daisy” ganhou de “Sociedade dos Poetas Mortos”.

Em 1983, “Gandhi” ganhou de “ET”.

Em 1982, “Carruagens de Fogo” ganhou de “Caçadores da Arca Perdida”.

Em 1981, “Gente Como a Gente” ganhou de “Touro Indomável”.

Em 1980, “Kramer vs Kramer” ganhou de “Apocalipse Now”.

Em 1977, “Rocky” ganhou de “Taxi Driver”.

Em 1972, “Operação França” ganhou de “Laranja Mecânica”.

 

Martin Scorcese perdeu o prêmio de Melhor Diretor por “Touro Indomável” para Robert Redford (Gente como a Gente) e por “Os Bons Companheiros” para Kevin Costner (Dança com Lobos).

Só dando risada, né?

Anúncios