Caí no conto social. Não sou magro nem bonito. Não tenho o carro nem a casa. Não tenho o tempo das risadas, nem a leveza das famílias. Só tenho os sonhos que me deram e que já não fazem mais sentido. Além da certeza de ter caído no eterno conto social.

Anúncios