Home

Eu gosto do salgado do suor nas costas e na testa. Do salgado do mar na boca e no cabelo. Do salgado da castanha mole que derrete na língua. Eu gosto dos dias teimosos, peitando a noite e a Lua, liderados por um Sol ainda mais leonino, intenso em seu auge e esplendor. Eu gosto da São Paulo mais vazia e calma, dominada agora por festeiros que fazem churrascos nas esquinas, festas nas varandas e sambas nas praças. Gosto das cidades de praia cheias, que nos convidam a deixar o carro em casa e curtir a areia entrando no chinelo ou uma corrida à beira-mar no bafo do entardecer. Eu gosto dos amigos nos enchendo de convites, combinando jantares e bares, piscinas e bebedeiras. Eu gosto das pessoas mais felizes, agradecidas pelo ano que agoniza, esperançosas pelo ano que rebenta. Eu gosto do purê de maçã, do panetone com requeijão, das cerejas e ameixas, do arroz com amêndoas, do tender vegano com abacaxi. Eu gosto de fingir que acabou e que agora é só relaxar, que o depois ficará sempre para depois e que o agora é só prazer e serenidade. Eu gosto desse parênteses, dessa pausa, desse prêmio e da gratidão. Do mar morno e calmo. Da piscina quente e agitada. Eu gosto de Dezembro, gosto de Janeiro, de Fevereiro e Março. Gosto de esperar o Carnaval. Gosto dos esquentas e ensaios, das pessoas nas ruas enlouquecidas e soltas, entregues, sujas e descalças. Recomeços serão sempre bem-vindos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s