Muitas vezes a gente acha que o que tem a oferecer é pouco. Que a gente queria dar mais e melhor. Sei bem como é sentir isso. Mas quando tô bem, me bate a certeza de que jamais entregaremos tudo e da maneira como queremos, o importante é simplesmente tentar. Então antes de desistir e se martirizar por ser tão menos do que adoraria, é bom agradecer pelo que você já é e pelo que consegue dar ao mundo – mesmo que pouco – além de lutar e se dedicar para que na próxima dê muito mais. Quando tô mal eu simplesmente desisto.

Anúncios